Landa Camargo
Landa Camargo
palestrante-verificadoselo-melhores-palestrantes-do-brasil
Arte, Educação das Sensibilidades, Empreendedorismo Humano, Motivação, Trabalho em Equipe
Região: Manaus, Amazonas

Biografia

Landa Camargo é educadora, professora universitária, doutoranda, mestre em educação, bailarina, palestrante e ativista do amor, da alegria e da felicidade. Criou em 2018 em Portugal, após sofrer um quadro de depressão, ter sua única filha acometida por um agravamento de uma comorbidade de sintomas de transtornos mentais e ter sofrido assédio moral no trabalho, um projeto chamado “SEUS MALES ESPANTA”, que nasceu de uma necessidade de criar uma corrente do bem e de alegria diante do efeito dominó do mal que vem contaminando as pessoas e afastando-as de sua essência de amor que as humaniza .
 
O projeto objetiva a educação das sensibilidades, envolvendo o exercício da alteridade, afetividade, escuta ativa, respeito à diversidade e atitudes de acolhimento. É um convite à valorização da dimensão humana e à responsabilidade afetiva que deve estar presente nas relações em diferentes contextos.
 
Suas palestras em eventos e empresas têm como objetivo trazer uma reflexão sobre a escolha humana do bem e do mal, abordando de uma forma inspiradora por meio de histórias e da dança, conteúdos relacionados ao empoderamento, surgimento de uma vanguarda do bem e da alegria, qualidade de vida, saúde mental, resiliência, atitudes e sentimentos positivos, autoconhecimento e sinergia nas relações interpessoais.


         


Palestras

A Vida pede Vida... Volte a Sonhar!

Contextualização do projeto “Seus Males Espanta” e da campanha “A vida pede vida... Volte a sonhar”.

O projeto “Seus Males Espanta” foi criado em 2018, por Raiolanda Camargo, conhecida como Landa Camargo, professora universitária da Faculdade de Educação-UFAM, no período em que estava cursando seu doutorado, em Portugal. A vida pede vida...volte a sonhar é uma campanha permanente de sensibilização à VIDA. É uma ação que faz parte do projeto que nasceu no coração de Landa a partir de muito sofrimento e, também de um grande sentimento de gratidão por todos os anjos que Deus enviou para cuidar dela e de sua filha em um momento de extrema fragilidade emocional.

Landa sofreu assédio moral no seu ambiente de trabalho, o que desencadeou um sério quadro depressivo que foi tratado quando ela estava no Brasil, mas que se apresentou novamente quando Landa estava vivendo em Portugal por ocasião do seu doutorado e foi justamente o amor e o carinho que recebeu de seus amigos portugueses, brasileiros e alunos da universidade, que a escolheram por duas vezes quando não estava no Brasil como professora homenageada, que a tirou da cama, quando não encontrava mais força e nem alegria para viver. Por mais ferida que Landa estava diante do mal que recebeu, todo o bem, todo o amor com o qual ela realizava seu trabalho, foi devolvido no momento em que ela mais precisava ser cuidada. Sua única filha também adoeceu gravemente com uma série de comorbidade de sintomas mentais. Ela foi vítima do mal presente nas pessoas, foi muito ferida por bullying na escola, o que potencializou o surgimento de vários dos seus transtornos.

Landa procurou, a partir do bem que recebeu, transmutar sua dor em alegria e amor. Ela escolheu o bem! Landa escolheu criar em suas redes sociais e em atividades nas ruas, uma corrente do bem e de alegria diante do efeito dominó do mal que vem contaminando as pessoas e que vem nos afastando da nossa essência de amor que nos humaniza. O projeto vislumbra educar sensibilidades. E o que é sensibilidade? É termos bondade, compaixão, generosidade, exercício de alteridade, respeito, empatia e amor pelas pessoas. A empatia é saber se colocar no lugar do outro. A empatia permite que acionemos o botão amarelo na hora de escolher entre o bem e o mal para que façamos sempre a mesma pergunta... E se fosse comigo?

Landa acredita em um mundo melhor! Acredita que podemos criar uma versão melhor de nós mesmos. Apesar de observar o efeito dominó que o mal pode fazer, pois infelizmente quem recebe o veneno, acaba por querer passar essa energia pesada para o outro. Landa tem a convicção que se uma das peças se manter de pé e transmutar essa dor em bondade, aconchego e luz, essa vibração de paz irá contagiar os que estão em seu entorno.

Se o mal contagia, o bem também contagia! Para isso, é preciso que haja uma compreensão de que somos parte desse mundo e não externos a ele e, que pequenas e muitas ações quando multiplicadas, ganham uma força gigantesca, capaz de intervir positivamente na vida das pessoas. É importante olhar para dentro de nós e nos reconhecermos como humanos. É urgente olhar ao nosso redor e sentir e viver nossa humanidade com o próximo. Somos todos responsáveis e a chave para sobrevivermos no contexto atual é criarmos novas formas de pensar e de sentir para enfrentarmos as angústias sociais que ameaçam nossa humanidade. Precisamos viver o sentido da palavra sinergia, de que juntos somos mais fortes, que juntos somos melhores, pois sonho que se sonha junto é realidade. É um começo e é caminhando juntos que fazemos o caminho para um mundo melhor.

“A Vida pede Vida... Volte a Sonhar” é estruturada em um tripé de SONHOS.

O primeiro sonho é o de ser uma iniciativa permanente para a prevenção de suicídios e em prol da valorização da vida, são 365 dias de coração amarelo em estado de alerta para acolher, pois não podemos permitir que a prevenção do suicídio se limite apenas ao “setembro amarelo”, já que ao analisarmos a etimologia da palavra “vida” ela remete a uma existência, a um estado de atividade incessante comum aos seres organizados. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), até 2020, a depressão será a principal doença mais incapacitante em todo o mundo, é a doença chamada de câncer na alma. Atinge 120 milhões de pessoas no mundo. São 11 milhões de brasileiros com depressão. A cada 40 segundos uma pessoa comete o suicídio. É a segunda maior causa de morte entre jovens no mundo. É preciso, diante desses dados assustadores, urgentemente colocar a saúde mental em estado de alerta para que possa ser tratada como prioridade. Urge tirar o véu do preconceito em relação às doenças mentais, abandonando os preconceitos, atitudes discriminatórias e construindo um novo olhar para a saúde mental, compreendendo que de acordo com a Organização Mundial de Saúde, o conceito de saúde abrange o bem-estar psíquico, físico e social.

Landa defende na campanha uma ação mais holística, humanitária e lúdica, articulando intervenções com instituições de saúde, educação e trabalho, pois a prevenção é fundamental, visto que ela mesma e sua filha adoeceram nesses contextos. Além disso, destaca a necessidade de utilização da ARTE como um caminho para o processo de humanização, pois atitudes de acolhimento, responsabilidade afetiva e escuta ativa fazem a diferença para resgatar a alegria e vontade de viver.

O segundo sonho que sustenta a campanha é o de sensibilizar o surgimento de uma vanguarda do amor e do bem em um mundo que naturalizou o mal. Estamos doentes: muitos estão desistindo de viver, uns estão em coma contaminados pelo ódio, outros se conformaram com o diagnóstico, acreditando que não vale a pena lutar pela vida e outros, como Landa, se agarram aos seus sonhos e continuam lutando para que o amor não se apague diante de tanta dor. Gandhi dizia: “Seja a mudança que você quer ver no mundo”. Que possamos ser a mudança! Precisamos voltar a sonhar! Precisamos acreditar que a felicidade é para todos, porque a vida pede vida com abundância de alegria, de respeito, de saúde, de paz, de comunhão.

O terceiro sonho que serve de alicerce para a campanha é de descobrirmos e vivermos o poder da sinergia, que significa juntar forças, cooperação, em esforço conjunto em prol de um objetivo, no caso da campanha de sensibilização “A Vida pede Vida... Volte a Sonhar’ é estarmos de mãos dadas, conscientes de que nós somos a mudança, pois o sonho de um mundo melhor depende do esforço de cada um, já que o mundo não é! O mundo é feito por nós, todos os dias. Quer um mundo melhor? Faça a sua parte! Sonho que se sonho junto é realidade.

Landa tem vivido o poder da sinergia desde que regressou ao Brasil. Começou dançando sozinha nas ruas de Portugal, convidando as pessoas para fazerem parte de uma corrente do amor, do bem e da alegria e várias pessoas foram lhe dando as mãos e lhe ajudando a realizar seu sonho e de sua filha Renata, validando as frases de que juntos somos melhores.

Como a arte e, em especial a dança, ajudaram Landa e Renata no processo de recuperação, Landa quer chamar a atenção para os benefícios curativos dessa mágica manifestação artística e, como bailarina, ela encontrou na arte um caminho para lembrar quem somos. A arte nos humaniza, eleva nosso espírito, nos permite expressar e organizar nossos sentimentos para que possamos lidar melhor com nossas emoções, com as pessoas e o mundo. A arte nos aproxima do melhor de nós: nosso AMOR que representa a unicidade com Deus e com a criança que reside dentro de cada um, uma criança que está ferida, abandonada, esquecida e que precisa ser curada e evocada para ser a nossa companheira nessa jornada chamada VIDA.

A dança como uma das principais manifestações artísticas tem o poder de expulsar nossas dores, evocar nossa criança e de nos transportar para um universo de paz e de alegria, cultivando os melhores sentimentos, além de disparar os hormônios da alegria como endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Na palestra Landa apresenta a história de superação diária dela e de sua filha, já que precisamos hoje e sempre espantar o mal que existe em nós, pois ser feliz e viver o bem é uma escolha. Como fazer isso? Utilizando o contexto lúdico da contação de histórias e da dança para despertar nossa sensibilidade adormecida pelas dores e pelo universo individualista e competitivo que estamos imersos que vem provocando uma cegueira emocional e criando muros entre nós. A palestra “A Vida pede Vida... Volte a Sonhar” é em defesa do nosso processo de humanização. É um convite ao nosso poder de sonhar!

A seguir alguns vídeos, onde dois deles possuem trechos da palestra de Landa Camargo e outros com Landa dançando e mostrando que é possível sonhar! Já que começou dançando sozinha nas ruas de Portugal, ao voltar para o Brasil, outras pessoas foram lhe dando as mãos e abraçando o projeto junto com Landa, mostrando que sonho que se sonha junto é realidade!

Melhores Palestrantes do Brasil

Este Palestrante Recebeu o Selo dos Melhores Palestrantes do Brasil pelo seu conhecimento e autoridade nos temas tratados. Alguns de seus textos podem ser conhecidos abaixo

   

Precisa Contratar um Palestrante?

Conheça o elenco de palestrantes verificados e encontre o profissional certo para seu evento!

Permita-se experimentar. Ninguém pode garantir que dará certo, mas, se você errar o alvo, poderá experimentar de novo.

Leila Navarro
Palestrante de Sucesso

Saiba que são suas decisões, e não suas condições, que determinam seu destino.

Tony Robbins
Palestrante de Sucesso

Faça Seu Cadastro e Torne-se Um Palestrante de Sucesso!