O Corpo na Mente

O Corpo na Mente

Autor: Palestrante Nuno Cobra

A mente faz a leitura do corpo na qualificação do tempo, expondo como este passou pela nossa vida e mostrando a verdadeira idade que possuímos. Por isto a importância de estarmos sempre joviais com o corpo para mantermos uma idade jovem. Não há como se ver jovem num corpo envelhecido, incapaz de projetar possibilidades concretas de realizações físicas. Como se ver jovem se o corpo não mais acompanha as vontades da mente em suas artes mecânica de movimentos complexos e exigentes?

Você vai ter exatamente a idade que seu corpo traduz, que seu corpo mostra, vejo isto diariamente em meu trabalho com as pessoas que quase sempre, infelizmente, possuem um corpo inadequado para a idade que registram m seus documentos, justamente por estarem extremamente tolhidas em suas possibilidades de movimento. Como não conseguem executar nada mais que o estrito caminho da vida em seus restritos e insignificantes movimentos diários, mostram-se incapazes de satisfazerem sua mente com algo que antes alegravam seu espírito e suas proezas físicas. Elas deixam de se rejuvenescer com a realização física de algo pelo menos um pouquinho mais complexo e um tico mais difícil. Não conseguem sair daquele reme do preenchimento de seu tempo no caminho da vida, restringindo cada vez mais e mais os seus já precaríssimos movimentos. Infelizmente isto ocorre com as pessoas com ainda quase quarenta anos de idade, mas que já traduzem uma idade bem avançada, tal as condições precárias de seu corpo.

Nestas pessoas é impossível seu cérebro realizar uma leitura otimista a respeito de sua idade e vai realmente envelhecendo a tolhendo suas infinitas possibilidades de combate e realizações. Estas pessoas numa idade assim tão infanto-juvenil, uma vez que praticamente ainda nem nasceram, se mostram envelhecidas e acabadas. É muito comum ver em meu consultório jovens de idade cronológica bastante tenra, mas com um semblante triste e consumido. Isto é inconsciente, mas bastante consistente, porque seu corpo traduz ao seu cérebro este estrago feito com ele levando este a se submeter àquele carcomido e acabado corpo, sem mais aqueles movimentos celebres e sem chance de promovê-los.

Por outro lado, felizmente tenho visto pessoas, em meu trajeto diário de trabalho, que por sua mente conduzirem corpos reluzentes de grande eficiência física, acabam realizando uma leitura jovem de seu corpo, percebendo-se e fazendo-se realmente muito mais jovens que a idade colocada em seus documentos.

Estas pessoas são capazes de realizarem movimentos complexos, de tal magnitude e resistência física de tal ordem, que não tem como o cérebro agir diferente.

Fonte: http://www.nunocobra.com.br

NUNO COBRA
Preparador Físico e Palestrante