Missão e Desejo

Missão e Desejo

Autor: Palestrante Edgard Nascimento

Quando nascemos já temos uma missão de sobrevivência, quando bebês ainda usamos do artifício chorinho quando estamos com fome, daí surgiu a famosa frase, “quem não chora não mama”. Quer queira ou não, um dia temos que nos deparar com o ciclo da vida. O amadurecimento traz os desejos naturais do ser humano, ter bens, uma pessoa do lado, um companheiro ou uma companheira, família, filhos e estabilidade pra cumprir a missão na terra. Missão essa que cada ser humano tem arraigado desde o seu nascimento. Essa missão vai se determinando de acordo com as necessidades principais dos seres humanos.

De acordo com os estudos, experiências e descobertas de Anthony Robbins, autor, Coach e palestrante americano, no qual tenho uma gratidão profunda por me ensinar e motivar para que eu desenvolvesse as minhas atitudes de um vencedor, o ser humano é provido de 6 necessidades fundamentais. Ele chegou a essa conclusão depois de mais de 33 anos trabalhando com pessoas de diversas partes do mundo. Ele percebeu que todo ser humano tem praticamente os mesmos desafios, não importando a nacionalidade do mesmo.

Alguns estão indo para o trabalho para receber o seu salário, sua comissão; outros indo trabalhar por amor ao trabalho e para receber sua recompensa financeira; outros estão construindo a cada dia o seu futuro, em busca do sucesso, pelos seus filhos, pela sua esposa ou por sua família próxima. Enquanto vivemos a rotina, Anthony explica que não nos damos conta, que estamos tentando satisfazer essas 6 necessidades básicas, porém relevantes para a sobrevivência:

1) Necessidade de certeza
A necessidade de certeza, está ligada à nossa capacidade de evitar a dor e buscar o prazer, a base da nossa própria sobrevivência. A necessidade de certeza em outras palavras é o mesmo que segurança, estabilidade, sobrevivência, tranquilidade etc. Os pontos fortes para satisfazer essa necessidade dizem respeito ao desenvolvimento de uma nova habilidade, ao de dominar alguma área específica, de ter fé, seja em Deus, no universo ou em si mesmo, ter coragem, criatividade, inteligência e obter confiança. Todos queremos uma pedra fundamental. A família, quando não é disfuncional, por exemplo, exerce esse papel de certeza. O conjugue, quando é um apoiador. Os nossos valores e princípios, também nos dão o suprimento da necessidade de certeza.

2) Necessidade de incerteza
Incerteza ou variedade, é o mesmo que surpresas, desafios, mudanças, estimulação e enfrentar o desconhecido. Nós precisamos de certeza e incerteza em nossa vida, pois se buscarmos atender somente a certeza, nossa vida se torna rotineira, monótona e desgastante.

A necessidade de certeza faz com que nossa vida funcione. A incerteza faz a nossa vida valer a pena. Por exemplo, as viagens, quando saímos em férias para um lugar novo, essa emoção nos supre a necessidade de incerteza. É a curiosidade e a vontade de aprender coisas novas. É surpreender-se. São os novos amigos, novos lugares, uma comida diferente que nunca tínhamos provado. É uma sensação diferente das sensações do dia a dia, por exemplo, quando vamos fazer um mergulho no mar com tubo de oxigênio, quando saltamos de paraglider no voo duplo com o instrutor, quando pegamos carona de moto, são várias as sensações fora da rotina que nos suprem a necessidade de incerteza.

3) Necessidade de significado
Cada um de nós precisa acreditar que é especial, único, diferente, exclusivo, autêntico e importante. Para satisfazer a necessidade significado/importância, algumas pessoas utilizam meios positivos, neutros ou negativos. A necessidade de significado é obtida quando conseguimos uma resposta satisfatória à pergunta ‘para quê?’. Muitas pessoas entram em depressão ou desistem de viver, justamente porque não encontram a resposta para o significado, para a razão de estarem vivas. Precisamos que cada parte da nossa vida faça sentido, tenha lógica emocional e racional em existir.

4) Necessidade de conexão
A necessidade de conexão é atendida quando compartilhamos sentimentos e emoções com as outras pessoas. Significa dar e receber atenção dos outros. É a capacidade de empatia, de colocar-se no lugar do outro e se sentir compreendido também. É sentir-se ouvido, acolhido e em simbiose de entendimentos. O ser humano precisa de amor para sobreviver, desde o seu nascimento, até quando se torna adulto. Somos animais gregários incapazes de viver bem sozinhos, pois temos capacidade de aprendizado que só acontece com a troca, com a vida de relação.

5) Necessidade de crescimento
Tudo aquilo que não cresce, fica estagnado e não obedece ao ciclo nascer, crescer e perecer. A necessidade de crescimento é uma lei universal, lei da vida, assim como a lei da gravidade. Para que possamos evoluir como pessoas, precisamos crescer, expandir, progredir e aprender sempre. Caso contrário, agiríamos como crianças por toda a nossa existência, e ser criança é ser dependente, limitado e frágil. Uma pessoa mentalmente saudável não quer permanecer com características de uma criança, muito pelo contrário, quer ser livre, independente e resiliente.

6) Necessidade de contribuição
Imagina se não compartilhássemos nossos talentos e aprendizados, seria ‘cada um por si’ e o mundo iria evoluir muito lentamente. Imagina se alguém descobrisse a cura para uma doença terrível e mantivesse o remédio em segredo, só para uso próprio? Imagina se os inventores da Internet não tivessem compartilhado essa invenção maravilhosa com o mundo? Ainda estaríamos enviando telegramas, e usando toneladas de papel, arquivos e cofres.

A necessidade de contribuição nos faz sentir úteis, nos dá propósito, nos dá motivo para existir, é a qualidade número 6 que reforça todas as qualidades anteriores. Aquilo que não contribui acaba sendo esquecido ou eliminado pela evolução. Esta é uma verdade absoluta. Já percebeu que quando você ajuda alguém, sua vida começa a fazer mais sentido? O sentimento de contribuição é o mais profundo que podemos sentir como pessoas, porque faz parte da nossa verdadeira natureza, que é ser e fazer o bem.

Contribuir também funciona como um reforço de memória, toda a vez que eu compartilho um conhecimento, eu estou reforçando-o para mim. Toda a vez que eu contribuo com um talento, eu estou na verdade, aperfeiçoando-o, porque estou fazendo de novo e de novo para pessoas diferentes e através de jeitos diferentes e então fazendo cada vez melhor.

A necessidade de contribuição é atendida quando nos sentimos uteis, indispensáveis, necessários. Também quando temos certeza de transmitir bons exemplos, contribuir com um legado material ou imaterial.

Você se sente tendo essas 6 necessidades de Anthony Robbins satisfeitas?

Provavelmente você responderá, em parte satisfeitas, ou às vezes plenamente satisfeitas, outras vezes nem tanto, ou em algumas etapas da vida sente que faltam umas ou falta uma. É normal, não se cobre e nem se repreenda. No caminho da autotransformação, naturalmente você irá perceber a satisfação dessas 6 necessidades acontecendo, talvez elas até já aconteçam inconscientemente, e é só uma questão de olhar melhor para dentro de si.

Cada uma dessas necessidades está ligada aos seus sonhos, metas e vontades. Para você ver como é impossível abrir mão das necessidades do ego e do espírito, do corpo e da alma, tudo acontece junto e misturado e nada pode ser omitido ou descuidado. Tudo é parte de nós, tudo é ferramenta de vida na construção da felicidade, que eu chamo de sucesso. Missão e desejo andam de mãos dadas, pode ter certeza, que lá no íntimo, tudo o que você mais deseja é cumprir sua missão, seja ela prazerosa ou não, porque vai depender do que você mais necessita para evolução. Dialogue com o seu íntimo, conversa consigo mesmo. O que você precisa fazer, melhorar ou começar para poder cumprir suas escrituras?

EDGARD NASCIMENTO
Empresário, Treinador e Palestrante